Restrições à circulação de caminhões na ponte Rio-Niterói em razão dos Jogos Olímpicos

Serão restringidos, temporariamente, os transportes de cargas no período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos na Ponte Presidente Costa e Silva.

Segue a resolução na íntegra:

Diário Oficial da União - Seção 1 08 de Julho de 2016

DIRETORIA COLEGIADA

RESOLUÇÃO No - 5.124, DE 7 DE JULHO DE 2016


Estabelece restrição temporária à circulação de veículos de carga na Ponte Presidente Costa e Silva.



A Diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, no uso de suas atribuições, fundamentada no Voto DSL - 128, de 6 de julho de 2016, no que consta do Processo nº 50505.070070/2016-98; CONSIDERANDO a lei das Olímpiadas, Lei nº 12.035 de 01 de outubro de 2009; CONSIDERANDO o disposto no art. 22, § 2º, da Lei nº 10.233, de 5 de junho de 2001, que estabelece a necessidade de harmonização da esfera de atuação da ANTT com a dos órgãos dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios encarregados do gerenciamento de seus sistemas viários e das operações de transporte intermunicipal e urbano; CONSIDERANDO que a Ponte Presidente Costa e Silva faz parte de um sistema viário urbano com alta densidade de tráfego; CONSIDERANDO a necessidade de adotar medidas restritivas necessárias para assegurar a mobilidade urbana durante o período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos; e CONSIDERANDO o disposto na Lei Ordinária Municipal nº 5.924, de 13 de agosto de 2015; e o Decreto Rio nº 41.867, de 21 de junho de 2016, do Município do Rio de Janeiro, resolve:


Art. 1º Proibir, no período de 18 de julho de 2016 a 18 de setembro de 2016, o tráfego de veículos de carga de dois eixos na Ponte Presidente Costa e Silva e seus acessos, na Rodovia BR-101, no sentido Niterói - Rio de Janeiro, nos dias úteis, de segunda a sexta-feira, no horário compreendido entre 17 (dezessete) e 21 (vinte e uma) horas. Parágrafo único. As proibições previstas no caput não se aplicam aos seguintes casos: I - aos veículos de socorro e emergência previstos no art. 29, inciso VII do Código de Trânsito Brasileiro; II - aos veículos de transporte de valores; III - aos veículos destinados a transporte de mudança residencial, desde que autorizado pela Secretaria Municipal de Transportes do Rio de janeiro; IV - aos serviços essenciais de utilidade pública, em caráter excepcional, desde que autorizados previamente pela Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viárias da Secretaria Municipal de Transporte do Rio de janeiro, por ato próprio; V - aos veículos de transporte de combustíveis e lubrificantes; VI - aos veículos credenciados pelo Comitê Rio 2016; e VII - aos caminhões betoneiras, durante o período de 25 de agosto de 2016 a 6 de setembro de 2016.


Art. 2º As disposições desta Resolução aplicam-se sem prejuízo do disposto na Resolução ANTT nº 2.294, de 19 de setembro de 2007.


Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.


JORGE BASTOS


Posts Em Destaque
Posts Recentes