Uso do cinto de segurança é tema de campanha para romeiros que seguem de ônibus para Aparecida



Parceria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da CCR NovaDutra promove mais uma edição especial do ‘Vou de Cinto’ na via Dutra (BR-116/RJ/SP), para abordar ônibus de grupos de romeiros com destino ao Santuário Nacional de Aparecida, no Vale do Paraíba. Com o aumento do número de romeiros com destino a Aparecida (SP), no mês de outubro, o alerta sobre os riscos do uso do acostamento da rodovia para romarias a pé deve ser reforçado. O evento acontece nesta sexta-feira (14), das 9h às 16h, em Roseira (SP), no km 78 da pista sentido Rio de Janeiro da rodovia, em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Federal.


Na primeira edição especial do ‘Vou de Cinto’ para romeiros, realizada na última sexta (7/10), vinte e oito ônibus foram abordados e mais de 500 fiéis conscientizados sobre a importância do uso do cinto de segurança. Em 14 edições promovidas em 2016, a campanha ‘Vou de Cinto’ já conscientizou mais de 6 mil motoristas e passageiros de ônibus ao longo da via Dutra.


Vou de Cinto - A campanha faz parte do Programa Estrada Sustentável que foi lançado durante a Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável), em 2012. O Programa foi iniciado na via Dutra (BR-116/RJ/SP) e tem o desafio de reunir os diversos públicos que interagem com a rodovia: municípios, empresas, terceiro setor, setor acadêmico, governos e órgão públicos para a abordagem de temas como segurança viária, educação, mobilidade, infraestrutura verde, entre outros.


Romarias a pé - As equipes do SOS Usuário da concessionária realizam a entrega de folhetos informativos aos romeiros e os motoristas também estão sendo alertados sobre a presença de romarias na rodovia por meio da programação da CCRFM 107,5, dos painéis de mensagens variáveis (PMVs), de faixas refletivas afixadas ao longo da rodovia e de folhetos distribuídos nas praças de pedágio.


Concessão – A ANTT, criada em 2001, regula e fiscaliza a exploração de infraestrutura e prestação de serviços de transporte terrestre, inclusive contratos já celebrados antes da sua criação, resguardando os direitos das partes e o equilíbrio econômico-financeiro dos respectivos acordos.

Com 402 quilômetros de extensão, a BR-116/RJ/SP foi concedida para iniciativa privada com o objetivo de exploração da infraestrutura, em 1º de março de 1996, pelo período de 25 anos. A licitação fez parte da 1ª etapa do programa de concessões rodoviárias.

Fonte:ANTT

Link: http://www.antt.gov.br/index.php/content/view/49229/Uso_do_cinto_de_seguranca_e_tema_de_campanha_para_romeiros_que_seguem_de_onibus_para_Aparecida_.html


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo